Sociedade

Abstenção dos candidatos na prova do Enem no estado do Amazonas, lidera ranking nacional

Neste último domingo (4), aconteceu em todo o Brasil, a primeira etapa das provas do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep, a porcentagem de ausência foi de 32,6%.

Relatório informativo

Ao todo, foram registradas 123.800 inscrições para a prova no estado do Amazonas. A porcentagem de presença, foi de 67,4%. Assim, cerca de 40.359 candidatos faltaram à primeira etapa.

Em 2016 e em 2017, o estado do Amazonas liderou o ranking de abstenções da prova do Enem. O percentual de candidatos faltosos, foi de 39,1% e 37,38% respectivamente.

As provas aplicadas foram de linguagem, ciências humanas e redação. No próximo domingo, serão executadas as provas de ciências da natureza e matemática.

O estado do Amazonas foi o único a apresentar um alto nível de abstenção, em relação ao restante do país que foi de 26,4%. O ministro da Educação, ressaltou que as faltas se deram devido à mudança nas regras oficiais do Enem.

Caso os estudantes faltem no segundo dia de prova, serão excluídos do cadastro, e perderão o próximo Enem. O gabarito inicial será divulgado pelo Inep até o dia 14 de novembro deste ano, e o resultado oficial sairá dia 18 de janeiro de 2019.

Novas regras do Enem – principais

As provas serão aplicadas em dois domingos seguidos, e não em um fim de semana apenas, como era realizado antes.

A ordem das disciplinas aplicadas, serão: linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, redação. No segundo domingo, serão aplicadas: matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias.

O tempo para a realização das provas, é de cinco horas e trinta minutos, e quatro horas e trinta minutos, no segundo domingo de prova respectivamente.

Os portões dos locais da prova, abrem ao meio dia, e fecham impreterivelmente a uma hora da tarde. As provas começam uma e meia, pontualmente. Não são tolerados nenhum minuto de atraso, caso contrário o candidato perderá a chance de fazer as provas.

Candidatos maiores de 18 anos, que não tenham concluído o Ensino Médio, e quiserem fazer a prova do Enem, devem recorrer ao Encceja – Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos.

O Encceja é gratuito, e pode ser realizado em todo o território nacional. Com relação a comprovação de renda, não basta apenas declarar a situação financeira, será preciso comprová-la.

Serão isentos das taxas do Enem, os estudantes de escolas públicas que irão concluir o ensino médio este ano. A instituição educacional deve estar cadastrada no Censo Escolar da Educação Básica.

Para os candidatos participantes de programas sociais, devem estar cadastrados no CadÚnico – Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, possuindo o número de identificação social – NIS.

Os candidatos devem acompanhar a situação da inscrição e da prova, diretamente no site do MEC ou do Enem: https://enem.inep.gov.br/. As notas das provas, poderão ser usadas no vestibular do curso superior, do aluno.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top