programas

Programa Pátria Voluntária é lançado com Michelle Bolsonaro no comando

Programa é um incentivo ao trabalho voluntário no Brasil.

patria voluntaria

Na tarde desta terça-feira, dia 09 de julho, foi lançado através de uma cerimônia no Hospital da Criança de Brasília, o programa de incentivo ao trabalho voluntário chamado de Pátria Voluntária. O evento contou com a presença da primeira dama, Michelle Bolsonaro e do presidente Jair Bolsonaro.

Neste programa o governo dará incentivos para que cidadãos de todo o Brasil possam se voluntariar para ajudar a população considerada mais vulnerável, como portadores de deficiência, moradores de rua e cidadãos de baixa renda.

A coordenação do programa Pátria Voluntária está sendo feita pelo Ministério da Cidadania. Ele foi criado através de um decreto do presidente, onde o principal objetivo é incentivar a participação dos brasileiros em práticas sustentáveis, educacionais e também culturais. Um dos incentivos do Governo será ceder espaços públicos para que haja o desenvolvimento destas atividades voluntárias.

Não haverá remuneração para os interessados, mas o governo criou o Prêmio Nacional de Incentivo ao Voluntariado, uma premiação simbólica que será entregue todos os anos à pessoas e entidades que estejam realizando ações voluntárias e que sejam de interesse social.

O Pátria Voluntária também dará um selo de reconhecimento à organizações que incentivam o trabalho voluntário.

Pátria Voluntária

Michelle Bolsonaro fez um discurso durante o evento e declarou estar contente com o convite para presidir o conselho do programa. Ela também comentou sobre seus trabalhos voluntários desenvolvidos nos últimos anos e exibiu algumas fotos das atividades.

Em uma de suas frases ela disse que mesmo dentro de suas limitações antes do governo, sempre efetuou ações e quis ajudar o próximo, dizendo que é um chamado do seu coração. “O voluntariado é um caminho designado por Deus”.

Ministério da Cidadania

O ministério informou que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, será a presidente de um dos conselhos vinculados à pasta do programa. Este conselho terá além dela outros representantes da sociedade civil e do governo.

Para a criação deste programa 12 ministros participaram do conselho, onde entre eles estavam Sérgio Moro, Osmar Terra e Paulo Guedes. A mulher de Moro, Rosângela Moro, o iatista Lars Grael e a cantora Elba Ramalho, são alguns que fazem parte do conselho, representando a sociedade civil.

O programa terá uma página exclusiva com todas as informações necessárias para a participação, bem como apresentação de projetos que estão sendo executados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top