Politica

Lula Livre, será? Argumentos para soltura começam a ser planejados

Decisão do STF nesta quinta-feira sobre presos em segunda instância deve beneficiar petista.

lula livre deve acontecer ou nao

Na tarde desta quinta-feira (07/11) o Supremo Tribunal Federal terminou a votação sobre prisões em segunda instância, aprovando uma regra que pessoas que estejam em julgamento só poderão ser presas quando chegarem ao patamar de uma ação em “Trânsito em Julgado”, ou seja, que não hajam mais recursos a favor do réu.

O assunto foi muito polêmico e dividiu opiniões por todo o Brasil, principalmente porque a decisão pode beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que acabou sendo preso em segunda instância pelo caso do Triplex no Guarujá.

Será que a frase “Lula Livre” vai acontecer?

Os advogados de defesa de Lula, já estão gerando argumentações e devem até o final desta sexta-feira, solicitar a liberdade na 12ª Vara de Execuções Penais (VEP) de Curitiba. A tentativa será grande, mas não será assim tão fácil.

Será preciso que a atual juíza do caso, Carolina Lebbos, faça a autorização de soltura de Lula e também de outros presos como José Dirceu, que também está preso logo após o julgamento de segunda instância.

Mesmo diante da decisão do STF, os próprios ministros informaram que as solturas não devem acontecer imediatamente e de forma automática, cada caso será analisado e considerado individualmente.

Medida Provisória 889, que autoriza aumento dos saques do FGTS é aprovada.

O juiz responsável pela execução poderá atender ao pedido do Ministério Público contra todos os presos que possam se enquadrar em situações como “risco de fuga”, periculosidade e outros fatores previstos por lei. Sendo assim a prisão de Lula pode continuar como forma preventiva se assim for o seu entendimento.

Lula já faz planos

Segundo informações, o ex-presidente já está fazendo planos de viajar o país e fortalecer a oposição onde o PT já está fraco politicamente.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top