Notícias

Números e curiosidades dos jogos de quarta-feira da Copa América

Colômbia venceu Catar e Argentina e Paraguai empataram

Na quarta-feira, o Grupo B movimentou a Copa América. A Argentina mais uma vez não venceu e ficou no empate com o Paraguai, 1 a 1 – gols de Richard Sánchez e Lionel Messi. Graças, vale destacar, ao goleiro Armani, que defendeu uma cobrança de pênalti de Derlis González, do Santos, quando os argentinos tinham acabado de igualar o marcador.

No outro duelo da chave, a Colômbia teve dificuldades, mas superou o Catar por 1 a 0, gol de Zapata, e já garantiu sua classificação para as quartas de final, além do primeiro lugar no grupo. Tanto que na última rodada, diante do Paraguai, a seleção vai poupar diversos jogadores.

Confira números e curiosidades das partidas:

Foto: Twitter Selección Colombia

COMPLICOU?

Nas duas primeiras rodadas a Argentina não conseguiu vencer. Apenas duas vezes na história da Copa América, uma seleção conseguiu o título após não somar os três pontos em um dos dois primeiros compromissos: Brasil, em 1992, e Uruguai, em 2011.

GOLS DE MESSI

O astro da Argentina chegou a nove gols em Copa América. No total, com a camisa da seleção, Messi tem: 68 gols em 132 jogos.

Maiores artilheiros da Argentina: Messi (68), Batistuta (54), Aguero (39), Crespo (35), Maradona (34), Higuaín (32)…

VAI TROCAR?

Há tempos a seleção argentina deve em boas exibições. A consequência disso é a inúmeras trocas de treinador. Para se ter uma ideia, desde que Messi debutou com a camisa da Argentina, 14 técnicos estiveram à frente do banco de reservas. Antes de Lionel Scaloni, passaram: José Pékerman, Alfio Basile, Diego Maradona, Sergio Batista, Alejandro Sabella, Gerardo Martino, Edgardo Bauza e Jorge Sampaoli. Uma média de um técnico a cada 14,5 jogos.

SEGUE O JEJUM

O Paraguai nunca venceu a Argentina em jogos de Copa América. São seis empates e 19 derrotas.

VITÓRIA?

O Paraguai somou apenas três vitórias nos últimos 21 jogos de Copa América – edições de 2007, 2011, 2015 e 2016. Em 2011 chegou a final depois de empatar seus cinco jogos. Perdeu a decisão para o Uruguai.

Em 2007 obteve duas das três vitórias: Colômbia (5 a 0) e Estados Unidos (3 a 1). A outra foi em 2015: Jamaica (1 a 0).

PARA SE CLASSIFICAR

Para garantir vaga e não obter mais um vexame em sua recente história, a Argentina precisa vencer o Catar na última rodada. Vale lembrar que se classificam os dois melhores de cada um dos três grupos, além dos dois melhores terceiros colocados.

RICHARD SÁNCHEZ E MIGUEL ALMIRÓN

O primeiro fez o seu primeiro gol com a camisa do Paraguai em cinco jogos – ele defende o Olímpia. O segundo chegou a duas assistências em duas partidas nesta edição da Copa América – ele atua pelo Newcastle.

ZAPATA NELES; GARÇOM JAMES

O atacante colombiano fez ótima temporada com a camisa da Atalanta e tem chances de mudar de time na próxima temporada. Nesta Copa América, ele já marcou duas vezes. Pela Colômbia, no total, são três tentos em 11 jogos.

A assistência (magistral) para o gol contra o Catar foi de James Rodríguez, que chegou a dois passes para gol nesta Copa América.

CLASSIFICAÇÃO

Grupo A: Brasil 4 – Peru 4 – Venezuela 2 – Bolívia 0
Grupo B: Colômbia 6 – Paraguai 2 – Qatar 1 – Argentina 1
Grupo C: Uruguai 3 – Chile 3 – Japão 0 – Equador 0

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top