Notícias

Coreia do Norte nesta quinta testa dois mísseis balísticos no mar do Japão

Este é o segundo teste em menos de uma semana.

misseis balisticos coreia do norte

Em menos de 5 dias após o último teste com mísseis pela Coreia do Norte, o país comandado por Kim Jong-un volta a lançar nesta quinta-feira, 09 de maio, outros dois mísseis balísticos de curto alcance. A informação partiu de militares sul-coreanos.

Segundo a Coreia do Sul, os mísseis foram lançados na área leste do noroeste do país. Um voou por cerca de 260 quilômetros e o outro por 270 quilômetros. Todos os dados destes dois voos estão sendo analisados pelos Estados Unidos e pela área militar do sul, onde será determinado quais os tipos de mísseis eram.

Em um primeiro momento os militares sul-coreanos informaram que os mísseis foram disparados da base Sino-ri, porém pouco tempo depois a informação é que eles haviam sido lançados de Kusong, um pouco mais ao norte de Sino-ri.

Comunicado da Coreia do Sul e Japão

Os militares intensificaram a vigilância e monitoramento para possíveis novos lançamentos pela Coreia do Norte. Eles estão totalmente preparados para um eventual ataque, através de toda uma estratégia e coordenação com os Estados Unidos.

Até o momento não se sabe onde os mísseis caíram, mas através de alguns cálculos é possível dizer que eles caíram no mar entre a Coreia do Norte e o Japão.

O Japão que também está alerta no caso, informou que os dois mísseis não caíram em águas territoriais. Até o momento não há nenhuma situação de impacto no comprometimento da segurança do Japão, segundo o Ministério da Defesa japonês.

Segundo Ko Min-jung, porta-voz oficial do Presidente Moon Jae-in da Coreia do Sul, o lançamento causa um desconforto muito perturbador. Todos os esforços para melhorar as relações entre o sul e o norte e também para aliviar as tensões militares, podem estar sendo comprometidas.

Lançamento de mísseis pela Coreia do Norte

O país apesar das últimas negociações está em plena atividade quando o assunto é armamento de guerra. O país sempre lança seus mísseis de Kusong, onde de lá aconteceu o lançamento em fevereiro de 2017 do primeiro míssil balístico de médio porte, que foi chamado de Pukgukson-2. Esse míssil utiliza combustível sólido, o que torna-o mais fácil de transportar, esconder, realizar o lançamento e dificultar um contra-ataque preventivo pelo Sul, Japão ou Estados Unidos.

O lançamento não viola a moratória de testes nucleares e de longo alcance, assinado por Kim Jong-un como primeiro passo para conversas mais amigáveis. Porém o lançamento de qualquer míssil balístico, inclusive testes de curto alcance, viola grande parte das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top