News

Mais de 80 mil imigrantes ilegais cruzam a Europa segundo governo Turco

imigrantes ilegais vindo da turquia para europa

As fronteiras da Turquia vem sendo um dos principal alvos de imigrantes ilegais que tentam entrar na Europa. Segundo o diretor de comunicação turco, Fahrettin Altun, até o momento mais de 80 mil imigrantes ilegais atravessaram as fronteiras do noroeste da Turquia rumo à Europa.

Altun ainda disse que este número pode aumentar ainda mais nos próximos dias. “O sofrimento humanitário na Síria, está causando um deslocamento sem precedentes. E isso não é problema apenas da Turquia, mas de toda a Europa e também do mundo”.

A Turquia está aberta para uma cooperação séria e robusta, dizendo que fará sua parte, mas pede que outros países façam também a sua sobre este tema.

Coronavírus está se espalhando pela China e se torna ameaça mundial.

Imigração ilegal na Europa

Milhares de refugiados, dos quais a grande maioria são sírios, iranianos, paquistaneses e iraquianos, só estão buscando melhores condições de vida fora de seu país. A grande maioria está vindo através da província de Edirne, localizada no noroeste da Turquia.

Diante da grande aglomeração, a Turquia acabou anunciando na última quinta-feira (27/02) que não iria mais impedir os imigrantes de irem para a Europa.

Então a grande massa dos refugiados se reuniram próximo da fronteira de Pazarkule e começaram a atravessar para o lado da Grécia pelo rio Evros. Eles estão fazendo a travessia em barcos de pesca ou botes infláveis.

Diversos aldeões turcos estão contribuindo para fazerem a travessia dos refugiados. Eles vem cobrando entre 35 e 70 dólares para atravessar a população, mas no caso de crianças a taxa não está sendo cobrada.

Preços mais acessíveis

A travessia se tornou um comércio e muitos dos refugiados estão tentando negociar com os pescadores um preço menor.

Além da travessia de barco pelo rio, será preciso caminhar por cerca de 1,5 quilômetro em terra firme sem que sejam pegos para então conseguirem realmente entrar na Europa.

Todos que estão sendo capturados pelas forças de segurança da Grécia estão sendo encaminhados novamente para à Turquia.

Os soldados estão espalhando arames farpados ao longo de toda a margem do rio.

Decisão turca sobre imigrantes

As fronteiras foram abertas aos imigrantes ilegais pois cerca 33 soldados turcos foram mortos em um ataque aéreo na província de Idlib, noroeste da Síria, local que era a última fortaleza mantida por rebeldes.

Como resposta e até mesmo para chamar a atenção de outras nações, a Turquia acabou liberando esta área para a tentativa de migração.

Hoje cerca de 1,5 milhão de refugiados sírios estão fugindo dos bombardeios das forças sírias em Idlib, mas estes não receberam autorização para cruzar a fronteira com a Turquia, pois já há cerca de 3,7 milhões de refugiados sírios em seu território.

Diante da grande quantidade, o governo turco anunciou que não poderia lidar com esses outros 1,5 milhão.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top