News

Eleições 2020 na China é a solução para acordo comercial segundo Trump

Presidente americano cita que gestão atual não está disposta a negociar.

O presidente americano Donald Trump nesta última sexta-feira após o fim do acordo comercial estabilizado no último mês de janeiro, taxou diversos produtos chineses em 25%, onde o total da remessa pode ultrapassar os US$ 200 bilhões.

Segundo ele, o atual governo chinês não está disposto a negociar como deseja e uma solução seria aguardar as eleições de 2020, para só então tentar resolver os problemas da guerra comercial que tem se levantado no último ano.

A notícia da taxação, apesar do pouco interesse em solução pelo governo chinês, não foi recebido com bons olhos. Segundo o mercado financeiro de Pequim, a resposta de Trump irá prejudicar pequenos, médios e grandes empresários e donos de fábricas no país, comprometendo inclusive a estrutura americana, pois os empresários americanos dependem da mão de obra chinesa para manter os preços baixos.

Já há quem esteja pensando em mudar toda a estrutura para outros locais do mundo, porém as altas taxas tributárias, falta de suprimentos que são abundantes na China e também de toda a mão de obra, coloca diversas categorias em uma ação sem saída.

China

Ainda neste governo Pequim pretende buscar uma solução ou aplicar uma retaliação contra os americanos, dependendo dos próximos passos que forem tomados por Trump e sua equipe econômica.

Até o momento não houve uma resposta concreta pelo Ministério do Comércio da China, pois a elevação das tarifas só atingem produtos que irão sair do país. Grande parte já está embarcada e segue navegando para os Estados Unidos, onde estes ainda farão parte da taxação, fornecendo ao menos mais 10 dias para que a China pense em um plano de contenção.

“…A China está tentando resolver a situação da forma mais pacífica possível, porém se os EUA preferirem a luta, iremos lugar…”

Semana agitada

É bem provável que ainda nesta semana o governo tente tomar alguma posição sobre o caso e ofereça alguma proposta que realmente interesse os americanos. Por hora para Trump diante das ofertas apresentadas, a única solução é aguardar 2020.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top