Famosos

Lena Headey e Sophie Turner, de Game of Thrones, postam críticas sobre declarações misóginas de republicanos sobre estupro

As atrizes Lena Headey e Sophie Turner volta e meia mostram todo o seu engajamento e criticidade sobre um determinado assunto da sociedade em geral ou da política. E foi justamente isso que aconteceu esta vez. Lena Headey e Sophie Turner utilizam suas respectivas contas pessoais no Instagram para tecer críticas às declarações  misóginas de republicanos sobre estupro. Entenda abaixo.

Leia também Luiza Sonza fala sobre conceito de Boa Menina: “mulher pode fazer o que quiser”.

Lena Headey e Sophie Turner criticam opiniões misóginas sobre estupro

As atrizes Lena Headey e Sophie Turner postaram recentemente no Instagram uma mesma imagem contendo uma pequena foto e uma frase sobre diferentes personalidades republicanas, cada qual dando uma opinião absurda, inaceitável, machista e misógina sobre estupro.

Leia tambémFilho de Bob Marley se casa com modelo brasileira em Minas.

Lena Headey, na legenda da imagem, se mostrou bastante revoltada e indignada (e com razão), dizendo o seguinte: “Que p***a de verdade é essa? #stoptalking #shameonyou”.

Veja abaixo o post feito por Lena Headey:

View this post on Instagram

What in the actual FUCK #stoptalking #shameonyou

A post shared by Lena Headey (@iamlenaheadey) on

Alguns usuários concordaram com ela e criticaram as tais declarações misóginas de republicanos sobre estupro. Houve quem defendeu e/ou criticou a crítica feita por Headey. A postagem já ultrapassa a marca de 174 mil curtidas. Entre as pessoas que curtiram está a atriz Carice Van Houten, a ‘Melisandre’ de Game of Thrones.

Leia também Whindersson Nunes é expulso de restaurante em Paris.

Sophie Turner, por sua vez, postou a exata mesma imagem, porém com a seguinte legenda:”Vergonha de vocês. Nossos corpos, nossas escolhas”.

Nos comentários, assim como ocorreu com Lena, houve pessoas que criticaram e outras que concordaram com Sophie.

Veja abaixo a postagem de Sophie Turner:

View this post on Instagram

Shame on you. OUR BODIES OUR CHOICE.

A post shared by Sophie Turner (@sophiet) on

As declarações misóginas de republicanos sobre estupro

A imagem compartilhada pelas duas era essa:

lena headey e sophie turner

Em uma tradução livre nossa, para facilitar a compreensão dos leitores, as declarações misóginas de republicanos sobre estupro são:

  • “Estupro é como o tempo. Se é inevitável, então relaxa e goza” – Clayton Williams;
  • “Se é um estupro de verdade, o corpo feminino tem meios para impedir isso” – Todd Akin;
  • “Vítimas de estupro deveriam tirar algo positivo de uma situação ruim” – Rick Santorum;
  • Mesmo quando uma vida surge a partir de uma situação horrível como o estupro, é porque Deus tem algum plano” – Richard Mourdock;
  • “Na sala de emergência eles tem o que se chama de kits estupro, onde as mulheres podem se limpar” – Jodie Laubenberg;
  • “Se uma mulher tem (o direito de abortar) por que um homem não seria livre para usar sua força superior a dela para forçar uma mulher a transar com ele? Pelo menos a busca de liberdade sexual do estuprador não termina (na maioria dos casos) na morte de alguém” – Lawrence.

As postagens de Lena Headey e Sophie Turner tem origem nessa discussão tem ficado inflamada por conta de uma lei no Alabama (EUA) que pretende endurecer as leis contra o aborto, proibido o ato até mesmo em casos de estupro.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top