Dono de embarcação é autuado pela Marinha do Brasil e Ana Maria Braga era uma das tripulantes

Que a apresentadora Ana Maria Braga aprecia aventura e experiências novas, todos os que acompanham o seu programa diário sabem. Porém, um passeio seu acabou se transformando em motivo para multa em uma embarcação e, possivelmente, prisão de até 4 anos para o dono do barco, chamado Thiago Andanti.

O caso foi o seguinte: Eduardo Tomioka, que é amigo de Ana Maria, convidou-a para fazer uma pescaria oceânica. Contudo, era necessário o barco e alguém para poder conduzi-lo e é aqui que entrou Thiago. Enquanto eles estavam navegando, ficaram próximos ao perímetro da Plataforma Mexilhão, que é da Petrobrás e fica localizada na Bacia de Santos.

O que aconteceu depois da aproximação

A própria Plataforma Mexilhão fez o aviso ao condutor da embarcação de que eles não podiam ficar por ali e, por causa disso, Thiago afastou-se e o passeio de Tomioka e Ana Maria continuou normalmente. Eles pescaram e também tiraram muitas fotos, algumas indo para o Instagram oficial da apresentadora.

Mas o problema para o condutor é que a Petrobrás fez uma denúncia à Polícia Civil e também à Marinha, reportando que o barco privado adentrou um perímetro proibido. Hoje, 30 de abril, tanto uma escolta quanto oficiais da Marinha foram até a Thiago e o levaram para a delegacia.

Ele afirma que não entende o porquê teve de ser detido, já que havia muito mais embarcações na mesma situação que a dele e que foi somente um erro. Ele também garante que mais nenhum dos barcos foi denunciado pela Petrobrás, mas somente o dele. De acordo com as autoridades, as denúncias contra Andanti são de atentar contra patrimônio de terceiros e também colocar esses terceiros em risco.

O que Ana Maria Braga diz

Andanti diz que conversou com Ana Maria um pouco depois de ter ido para a delegacia e que ela garantiu que vai ajudá-lo. Provavelmente, essa ajuda está relacionada aos advogados, que tentarão mostrar que ele apenas cometeu um erro de localização, mas que não queria ocasionar nenhum dano às plataformas da Petrobrás.

Como é a Plataforma Mexilhão?

Muitas pessoas nem mesmo sabiam que a Plataforma Mexilhão existia, mas ela é uma excelente produtora de gás natural, conseguindo fazer 15.000.000 de metros cúbicos diariamente. Esse tipo de gás precisa chegar até Gestau, que fica em Taubaté, mas passa antes pela Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato.

A Plataforma Mexilhão não trabalha apenas com o gás natural, mas também com a produção de condensado, sendo 20.000 barris diários. Todos esses produtos precisam ir para Gestau porque é de lá que eles passam para os consumidores.

Outras polêmicas com a apresentadora

Os casos polêmicos com essa apresentadora são variados, como o que ficou chamado de “Caso dos Panos de Prato” e que aconteceu em março deste ano. A questão é que, em uma brincadeira, ela jogou alguns panos por cima da bancada, o que fez com que o público se lembrasse de um vídeo no qual ela estava usando um pano desses para limpar o nariz.

Ela também se envolveu em uma situação ligeiramente polêmica em 2015, pouco depois fo falecimento do cantor sertanejo Cristiano Araújo. Naquele período, o apresentador Zeca Camargo comentou na Internet que não entendia o porquê tanta comoção; provavelmente, porque acreditava que ele não tinha tanto público.

Em um dos seus programas, Ana Maria anunciou que o cantor gospel André Valadão participaria e que a diversidade cultural é, de acordo com ela, uma “delícia”. Logo os telespectadores entenderam como uma indireta ao colega de Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *