Esportes

Palmeiras recebe proposta de clube chinês e fica próximo de vender Bruno Henrique

Palmeiras
Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Nos últimos dias, a diretoria do Palmeiras recebeu uma proposta do Tianjin Teda, da China, para vender os direitos econômicos do volante Bruno Henrique. A informação foi confirmada por um dos assessores da empresa OTB Sports, Rodrigo Castro, que cuida da carreira do atleta palmeirense em entrevista para a reportagem do TV é Brasil.

“Acho que pode ir mesmo(para o Tianjin Teda). O papo é que vão pagar a multa(do Bruno Henrique)”, destacou em contato com a reportagem.

De acordo com a programação, a oferta chinesa de seis milhões de euros (cerca de R$ 25,8 milhões), mesmo valor da multa rescisória do volante está nas mãos do departamento de futebol do Palmeiras. No entanto, as tratativas estão sendo feitas pelos intermediários do volante palmeirense, Bruno Paiva e Marcelo Goldfarb, junto com membros da clube chinês e com a diretoria palmeirense.

O próprio Tianjin Teda se manifestou tanto para os empresários do volante Bruno Henrique, quanto para a diretoria do Palmeiras que estariam dispostos a bancar o valor da multa rescisória para contratar o meio-campista. Enquanto os representantes cuidam do negócio, o jogador tem treinado normalmente na Academia de Futebol do Verdão.

Por conta da janela de transferência nesse começo de ano, as conversas estão bem avançadas e poderão ter um desfecho sobre o assunto nos próximos dias. Caso aconteça, Bruno Henrique deverá ser informado através dos seus agentes com relação a negociação do Tianjin Teda.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top