Esportes

Empresário abre o jogo e explica porque meia Giovanni não fechou com o Fluminense

Fluminense
Foto: Divulgação/Site Oficial do Goiás/Rosiron Rodrigues

Em entrevista para a reportagem do TV é Brasil, o empresário Ricardo Scheidt abriu o jogo e explicou porque o meia-atacante Giovanni, ex-Goiás, recusou várias propostas do exterior para jogar no Fluminense, mas as conversas acabaram não evoluindo. Mesmo assim, o intermediário do atleta deixou claro que o atleta não tem mais chance de atuar no Tricolor das Laranjeiras em 2019.

“Isso, encerradas(com o Fluminense). Não tem mais chances de ir para o Flu. Tinha muitos(clubes interessados). Verdade que recusamos(várias propostas) para jogar na Série A pelo Fluminense”, destacou o agente em contato com a reportagem.

Para Ricardo Scheidt, a prioridade no momento seria fechar os últimos detalhes com o Fluminense para que o meia-atacante Giovanni iniciasse sua pré-temporada. Como as conversas ficaram estagnadas, o empresário deverá buscar outras alternativas para o atleta.

No primeiro momento, o representante do meia deixou tudo apalavrado com o gestor de futebol, Paulo Angioni, mas a contratação dependia apenas de um aval do técnico Fernando Diniz. De última hora, o treinador não aprovou e também por conta de uma diferença financeira entre o clube carioca e o staff do atleta acabou travando a negociação.

Desta forma, o empresário Ricardo Scheidt buscará novos clubes e escutará outros times que estão interessado no meia-atacante Giovanni. Antes de priorizar o Fluminense, o intermediário de Giovanni recebeu propostas de clubes tanto do Brasil, quanto de times da Europa e do futebol asiático.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top