Esportes

Conmebol adia final da Libertadores 2018 entre River Plate e Boca Juniors

Divulgação/Boca Juniors

O jogo de volta da final da Copa Libertadores 2018 entre River Plate x Boca Juniors, que seria disputado na tarde deste domingo (25), no Monumental de Nuñes, foi adiada, desta vez pela Conmebol, novamente.

A partida, inicialmente, estava marcada para acontecer às 18h (horário de Brasília) do último sábado (24), mas um ataque da torcida do River ao ônibus do Boca deixou alguns jogadores feridos e o duelo acabou sendo remarcado para este domingo.

Já, hoje, o time Xeneize enviou um pedido formal à Conmebol solicitando uma nova data para a partida e a entidade máxima do futebol Sul-Americana optou pelo adiamento com o ‘objetivo de preservar a igualdade’ entre os clubes na grande decisão.

Assim, uma nova reunião entre os representantes de River Plate e Boca Juniors acontecerá na próxima terça-feira (27), às 10h (horário da Argentina), para definir a nova data em que o título da Libertadores 2018 será disputada.

Em entrevista à “Fox Sports”, da Argentina, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, reiterou que a decisão foi tomada para que não houvesse desigualdades entre as equipes. “Não havia condições esportivas. Não queremos que haja desigualdades esportivas. (Queremos) um bom espetáculo esportivo. Que não haja desculpa“, afirmou.

Não foi por culpa da Conmebol, quero ser bem claro porque constantemente querem dizer que a Conmebol é culpada e não é. O mundo estava na expectativa da partida, e acontece isso. Se vamos permitir o debate da cultura da violência, nós temos que suportar esse debate“, finalizou o presidente da Conmebol.

VEJA OS COMUNICADOS DOS CLUBES ARGENTINOS:

FERIDOS NA CONFUSÃO

O ônibus que levava a delegação do Boca Juniors para o Monumental de Nuñez no sábado (24) foi apedrejado nas proximidades do estádio. O capitão Pablo Pérez sofreu ferimentos no olho, foi cortado do jogo e mandado diretamente para o hospital.

Já os atacantes Ramon Ábila, Dario Beneddeto e Carlos Tevez passaram mal nos vestiários do estádio por causa dos efeitos do gás de pimenta.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top