Esportes

Conheça o clube que projetou o atacante Fernando que passou pela base do Palmeiras e hoje brilha no Shakhtar

Fernando
Foto: Reprodução/Instagram Oficial do Fernando

Em 2016, o atacante Fernando chegou ao Palmeiras quando foi integrado ao time sub-17 do clube paulista e na ocasião, também, fez dois jogos como profissional e marcou um gol com a camisa do Verdão e foi na vitória sobre o Ituano na última rodada da primeira fase do Paulista e logo em seguida foi vendido para o Shakhtar Donestk em junho de 2018. Antes de chegar para o alviverde, o jovem atleta foi projetado pela AMDH – Associação Mineira de Desenvolvimento Humano -, e o clube mineiro ficou com uma porcentagem dos direitos econômicos em uma futura venda.

Quando o Fernando foi para o Palmeiras, a A.M.D.H. fechou um contrato e ficou com 50% dos direitos do atleta. No início de 2018 o Palmeiras comprou 40% e logo em seguida o atleta foi vendido. Isso é tudo que podemos compartilhar, porque os valores são sigilosos“, diz o Evandro Marçal, o Coordenador Administrativo do clube, em entrevista exclusiva para a TV é Brasil.

O jovem atacante Fernando, ex-Palmeiras, hoje no Shakhtar não foi o único atleta que tem surgiu na base da A.M.D.H e sem revelar nomes, o coordenador administrativo do clube abriu o jogo e falou sobre o trabalho do clube mineiro: “Rotineiramente, nós fazemos o acompanhamento dos atletas que temos percentual no caso de venda, como foi o caso do Fernando. Não existe por parte dos clubes brasileiros um trabalho de informação ao parceiro das possibilidades que surgem para os atletas em parceria, são informações sigilosas que os clubes preferem não divulgar para evitar que a negociação fracasse. Mas a gente monitora, procura saber como está o desempenho, já que ainda é, em partes, um patrimônio da A.M.D.H“, completou.

Além do Fernando, hoje no futebol da Ucrânia, outras jovens promessas do Palmeiras também foram formadas pela A.M.D.H como são os casos de Rondinely e Victor Alves e hoje estão no time sub-17 do clube paulista. Já no América-MG conta com três atletas na base e foram formados pela empresa mineira: Valdir no sub-20, o zagueiro Marcos Vinicius e o atacante Goldeson estão no sub-17 do Coelho. Na Raposa conta com dois jogadores também, o atacante Alexandre e o lateral-esquerdo Gianluca, que estão no sub-17 e o jovem atacante Agton está no sub-20 do Goiás.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top