Esportes

Atlético PR 1 (4) x (3) 1 Junior Barranquilla: gols, melhores momentos e detalhes da partida

Atlético PR e Junior Barranquilla se enfrentaram em Curitiba pela partida de volta da final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, 12/12/2018. A partida foi realizada às 21h45 (horário de Brasília).

Essa partida representava a oportunidade do Atlético Paranaense conquistar seu primeiro título internacional. Para isso, precisava vencer o Junior Barranquilla no tempo normal, na prorrogação ou nos pênaltis, uma vez que a partida na Colômbia acabou em 1 a 1.

Para isso, os paranaenses, em despedida também do uniforme, escudo e com alteração no nome para o próximo ano, contavam com a força do torcedor. No primeiro tempo, inclusive, os brasileiros foram melhores. Em bola recuperada por Léo Pereira, Raphael Veiga e Pablo fazem boa jogada que culmina com o gol do centroavante.

Ainda no final dos primeiros 45 minutos, porém, o Junior começou a equilibrar. Isso continuou durante o segundo tempo. Após muita pressão, os colombianos chegaram ao empate. Em cobrança de escanteio de Díaz, a bola é cabeceada por Gómez e acaba com Teo Gutierrez, que desvia para o fundo das redes.

Depois disso, o Junior ainda continuou em cima, com ótimas oportunidades de gol que foram perdidas. O Atlético tentava se recompor, principalmente com o apoio da torcida, que não parava. O jogo acabou ficando ainda mais tenso, indo para a prorrogação.

Toda essa carga de emoção num bom jogo não podia parar. Foram, então, mais 30 minutos de bola rolando. Os brasileiros ainda tiveram o terceiro jogador do ataque saindo lesionado. Assim como Marcelo Cirino havia saído machucado no intervalo, agora foi a vez de Pablo e de Nikão sofrerem o mesmo.

No segundo tempo da prorrogação, parecia que ia tudo por água abaixo. Após erro de marcação da defesa, a bola fica com Teo Gutierrez que sofre pênalti de Santos. Na cobrança, contudo, o jovem Barrera isolou a bola, mantendo o placar de 1 a 1.

Foi, então, tudo para a cobrança de pênaltis. Converteram para o Atlético PR Jonathan, Raphael Veiga, Bergson e Thiago Heleno, enquanto fizeram pelo Junior Narváez, Pérez e Viera. Pelos brasileiros, perdeu Renan Lodi (para fora); pelos colombianos, Fuentes (trave), Teo Gutierrez (para fora). Nos pênaltis, portanto, 4 a 3 para o Atlético PR.

Com isso, o grande campeão da Copa Sul-Americana 2018 é o Atlético Paranaense. É o primeiro título internacional da equipe brasileira, que também conquista o direito de disputar a Copa Libertadores de 2019, a Copa Suruga e a Recopa Sul-Americana do mesmo ano. Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016) são os outros brasileiros campeões do torneio.

Ficha técnica:

Atlético PR 1 (4) x 1 (3) Junior Barranquilla

Atlético Paranaense: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho González (Wellington), Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Marcelo Cirino (Rony), Nikão (Marcinho) e Pablo (Bergson). Técnico: Tiago Nunes

Junior Barranquilla: Viera; Piedrahita, Gómez (Ávila), Pérez e Fuentes; Narváez, Cantillo, Sanchéz (Yony González) e Barrera (Daniel Moreno); Teo Gutiérrez e Díaz. Técnico: Julio Comesaña

 Gols: Pablo (27’ 1T) e Wellington (5’ 2TP) para o Atlético Paranaense. Téo Gutiérrez (13’ 2T) para o Junior Barranquilla.

Arbitragem: Roberto Tobar (CHI, photo), Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)

Cartões amarelos: Jonathan (39’ 1T) pelo Atlético PR. Yony González (32’ 2T), Nerváez (33’ 2T), Gómez (45’ 2T) e Piedrahita (12’ 1TP) pelo Junior Barranquilla.

Público: 40.263 torcedores

Renda: R$ 2.084.560,00

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Melhores Momentos:

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top