Entretenimento

Homem é condenado por caçadores a assistir o filme “Bambi” todo mês

Um caçador do estado norte-americano do Missouri, que foi o responsável pela morte ilegal de “várias centenas de veados” ao longo do período de três anos foi condenado a assistir um dos maiores clássicos da Disney, o filme Bambi, de Walt Disney, em 1942, uma vez por mês da cadeia, de acordo com o jornal Springfield News-Leader.

David Berry Jr., um homem de 29 anos, é uma das três pessoas condenadas pelo Departamento de Conservação do Estado de Missouri, entre os “maiores casos de conservação envolvendo a captura ilegal de cervos”.

Berry Jr. foi condenado a cumprir um ano de prisão, além de mais 120 dias extras em um condado próximo pelo fato de ter violado sua liberdade condicional.

Os registros do tribunal informam que Berry Jr., como parte da pena “deve assistir ao filme de Walt Disney Bambi, com a primeira exibição em ou antes de 23 de dezembro de 2018, e pelo menos uma dessas exibições a cada mês, durante o encarceramento dos réus na cadeia do condado de Lawrence”.

Essa clássica animação da Disney, focada na figura de um cervo jovem e seus amigos da floresta, é bastante conhecido por mostrar a mãe de Bambi ser morta por um caçador.

O caso de furto de vários anos abrangeu troféus que foram “tomados ilegalmente, principalmente à noite, para suas cabeças, deixando os corpos dos cervos desperdiçados”, falou o promotor Don Trotter, do condado de Lawrence. A investigação, que apresentou uma duração de oito meses e meio também emitiu mandados de prisão emitidos para David Berry Sr. e Kyle Berry e condenações foram efetuadas com informações do Departamento de Conservação do Missouri e da Federação de Conservação da linha de operações Operation Game Thief do Missouri.

“Não se sabe quantos cervos o principal grupo de suspeitos tomou ilegalmente nos últimos anos”, relatou o agente de conservação do condado de Lawrence, Andy Barnes. “Seria seguro dizer que várias centenas de cervos foram levados ilegalmente”.

Além das exibições de Bambi impostas a Berry Jr., o caçador também perdeu todos os seus privilégios de caça, pesca e armadilha, ficando impedindo de caçar e pescar pelo resto da vida.

0
COMENTÁRIOS
“Em situações como esta, com caçadores em série que não se importam com os animais, regras de perseguição justa, ou não se incomodam com o fato de estarem roubando dos outros, é tudo sobre ganância e ego”, disse Randy Doman, Chefe da Divisão de Proteção do MDC.

“Tomar apenas as cabeças é a sua versão de obter um ‘troféu’ e deixar a carcaça para trás é meramente uma reflexão tardia. Embora existam alguns casos em que os caçadores furtivos perseguem os chifres em busca de lucro, com esse grupo era mais sobre a emoção da própria matança ”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top