Economia

Segunda fase de desenvolvimento de projeto de petróleo offshore é lançada

projeto de petróleo offshore

O grupo francês de energia Total informou que lançou a segunda fase de desenvolvimento do projeto Mero, na costa do Brasil, junto com seus parceiros, à medida que o projeto de petróleo offshore se aproxima de sua decolagem.

Leia também:

O projeto de petróleo offshore Mero 2

projeto de petróleo offshore

“A decisão de lançar o Mero 2 surge como um novo marco neste projeto de petróleo offshore de grande escala que irá desenvolver os recursos petrolíferos gigantes do campo Mero, estimado em 3 a 4 bilhões de barris”, disse Arnaud Breuillac, diretor de exploração e produção da Total.

A embarcação de armazenamento e descarga de produção flutuante (FPSO) Mero 2 terá capacidade de tratamento líquido de 180.000 barris por dia e deverá começar em 2022.

Total disse que o lançamento do Mero 2, mais dois FPSOs da mesma capacidade seriam adicionados ao projeto de petróleo offshore, sujeito à aprovação pelos parceiros. Todas as quatro unidades produtoras serão implantadas na parte noroeste do bloco de Libra.

A primeira fase do projeto

O projeto Mero 1, que está atualmente em desenvolvimento, estava progredindo como planejado, com um start-up esperado em 2021, disse.

A Petrobras possui 40% do projeto Libra, enquanto a Shell e a Total SA detêm 20%. As companhias petrolíferas estatais chinesas CNOOC Ltd e China National Petroleum Corp Ltd detêm 10% do projeto.

Os potenciais resultados do projeto

Uma vez que todo o potencial do campo seja desenvolvido, a produção deve chegar a mais de 600 mil barris por dia, disse Breuillac em um comunicado.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top