Economia

Passagem sobe R$ 0,30 e paulistas reclamam: “valor sobe, mas a qualidade do transporte não!”

Para variar, o ano mal começou e a população paulista já se depara com um aumento no valor da passagem de ônibus. O reajuste, que teve início hoje, dia 07 de janeiro de 2019, de certa forma, não pegou a população de surpresa, uma vez que a Prefeitura já havia anunciado, através do Diário Oficial, no dia 05 de janeiro de 2019, os novos valores das tarifas.

Segundo informou o Diário do Transporte, na noite de sexta-feira, dia 28 de dezembro de 2018, a tarifa básica única dos transportes de ônibus na cidade de São Paulo sobre, passando dos atuais R$ 4,00 para R$ 4,30. As empresas que fazem o pagamento do vale-transporte para os seus funcionários deverão desembolsar R$ 4,57 por viagem do empregado, isso porque, a partir de 30 dias após a entrada em vigor das novas tarifas, ou seja, no dia 07 de fevereiro de 2019, a Prefeitura irá acabar com os subsídios que faziam com que a passagem pelo vale-transporte tivesse o mesmo valor da tarifa comum.

E a população, o que ela achou disso?

Como sempre, o governo se mostra incapaz, apertado com o orçamento previsto e quem tem que pagar pela falta de habilidade na administração é o povo. Já acostumado com o tratamento dispensado a ele, não é de se espantar que a tarifa do ônibus tenha aumentado, mais uma vez.

Mesmo sabendo e esperando o aumento, ainda assim existem pessoas que não se conformam com a forma pela qual são tratados. Muitas delas reclamaram da demora do ônibus e da superlotação que eles são submetidos.

“Hoje eu paguei R$ 4,30 pela passagem, mas acho uma sacanagem essa história de reajuste. Eu não ligaria de ter de pagar até R$ 10,00 de passagem, mas desde que ela fosse de qualidade o que não é o caso. Muito pelo contrário. Os ônibus atrasam cada vez mais, a fila é quilométrica para poder embarcar e quando os ônibus saem, eles estão superlotados. Com isso, de nada adianta, um pouco mais à frente, voltarem com o preço da passagem para R$ 4,00, se a qualidade do serviço piorar ainda mais”. Afirmou um passageiro que não quis se identificar.

E esse pensamento se fez presente em outras pessoas que também foram ouvidas. Foi possível ouvir outros tipos de comentários também. Mas de todos, teve um que chamou a atenção e fez com que se fizesse coro para todos que fazem uso do transporte coletivo.

“O valor da passagem sobe, mas a qualidade do transporte não!”

Como ficaram os valores das passagens?

Para melhor entendimento, confira abaixo como ficaram as novas tarifas do transporte a partir da data de hoje, dia 07 de janeiro de 2019:

Tarifa de ônibus municipais (SPTrans) – de R$ 4,00 para R$ 4,30;

Bilhete Único Diário comum (24 horas) – subiu de R$ 15,30 para R$ 16,40;

E o Bilhete Único Mensal comum – foi de R$ 194,30 para R$ 208,90.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top