Economia

Limite de compra de ações por estrangeiros na China deixa de existir

China abriu setor financeiro e não terá limite para compra de ações e fundos de investimento em 2020.

banco central china libera investimentos estrangeiros

Uma ótima notícia para o cenário econômico internacional, a China neste sábado (20/07) retirou algumas restrições sobre o investimento estrangeiro no setor financeiro, o que irá beneficiar principalmente investidores estrangeiros.

A mudança no regime ocorre em um momento onde a China luta uma guerra comercial com os Estados Unidos e também contra a desaceleração do crescimento de sua economia.

Neste sábado a segunda maior economia do mundo informou que irá remover os limites de participação de estrangeiros na compra de ações e fundos de investimento em 2020. A China já pretendia liberar os investimentos estrangeiros, mas isso só iria ocorrer em 2021.

  • As informações foram confirmadas pelo Comitê de Desenvolvimento e Estabilidade Financeira, através de um comunicado publicado pelo Banco Central chinês.

Além do fim dos limites, os investidores estrangeiros poderão criar empresas de câmbio, gestão de fundos e também da área previdenciária, uma forma de incentivar que haja novas empresas e investidores no setor financeiro do país.

Eleições 2020 na China deve melhorar conversa com EUA

Essa promessa do fim do limite já é algo que a muito tempo é prometido por Pequim, porém não acontecia pois a China acabou sempre se fechando para o restante do mundo, inclusive para que empresas e investimentos estrangeiros pudessem investir com uma força ainda maior no país.

Reunião com boas notícias

A notícia propagada neste sábado, inclusive animando a comunidade internacional aconteceu logo após uma reunião com autoridades que são focadas em lidar com riscos financeiros e estratégias de crescimento. A reunião ocorreu nesta sexta-feira (19/07) e trechos do que foi acertado está sendo divulgado pelo Conselho de Estado chinês.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top