Economia

Juros do crédito imobiliário caem para 6,5% ao ano, casas mais baratas

juros casa propria

Nesta semana a Caixa Econômica Federal anunciou uma nova redução na taxa de juros que é cobrada em créditos imobiliários, ou seja, agora o consumidor deve pagar um pouco menos no valor final de uma casa própria.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (13/12), onde a redução foi de 6,75% para 6,50% ao ano mais TR.

Todo cliente que iniciar uma operação de crédito imobiliário a partir da próxima segunda-feira (16/12), já poderá desfrutar desta novidade.

A Caixa porém está estudando se há a possibilidade de estender essa taxa para os contratos que já foram firmados.

70% das universidades federais estão com nota máxima no MEC.

Redução de juros

A Caixa Econômica tomou a decisão com base na queda da taxa básica de juros (SELIC), que acabou sendo reduzida para 4,5% ao ano nesta última quarta-feira. O anúncio foi feito pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom). Esta é a menor taxa da história no Brasil.

Apesar de ser apenas 0,25%, o impacto causa grandes reduções no financiamento total. Um imóvel de 300 mil reais, por exemplo, fica cerca de R$ 10 mil mais barato no acumulado de 30 anos.

Por ser um financiamento sempre de valores altos (acima dos R$ 100 mil) e também longos prazos, qualquer redução, por mínima que seja, já causa um grande impacto para o bolso do consumidor.

Simulação em imóveis de R$ 200 mil

Em uma casa no valor de R$ 200 mil, com prazo de 360 meses (30 anos), os valores ficam da seguinte maneira:

Juros a 6,75

  • Primeira prestação R$ 1.647,18;
  • Última prestação: R$ 558,58;
  • Total do financiamento: R$ 397.038,50.

Juros a 6,50

  • Primeira prestação R$ 1.607,89;
  • Última prestação: R$ 558,47;
  • Total do financiamento: R$ 389.947,16.

Economia de R$ 7.091,34

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top