Beneficios

Solicitação de aposentadoria pode ser feita pela empresa, mas há riscos

A criação do Meu INSS (plataforma que o segurado pode acessar de onde estiver, com todas as suas informações, de forma fácil), favoreceu a muitos cidadãos que queiram saber a sua situação na Previdência.

Ficou mais simples solicitar a petição de aposentadoria, por meio de qualquer pessoa, ou empresa. Mas, é preciso observar o momento certo para realizá-la.

Principais dúvidas

Uma das principais dúvidas dos cidadãos é, se a empresa em que trabalham, pode pedir a aposentadoria deles junto ao INSS. A resposta é sim, mas por meio de procuração legal.

Por isso, é necessário fazer uma simulação prévia da situação do empregado, garantindo que ele realmente está no tempo certo para requerer a aposentadoria.

Muitos patrões, na intenção de ajudar os seus empregados, acabam por prejudicá-los, pela simples falta de conhecimento das regras, e detalhes pertinentes à aposentadoria, afastamentos, licenças ou pagamentos de pensão.

Se alguns empregadores agem de forma correta, outros por sua vez, tentam enganar o funcionário com a falsa expectativa de tentar ajudá-lo a se aposentar, omitindo possíveis problemas que impediram a ação, como por exemplo:

-Guia de INSS em atraso, estabilidade no emprego negligenciada, adicional noturno, insalubridade, periculosidade, horas extras, férias e outros benefícios, que são simplesmente ignorados pelo patrão.

Casos de omissão podem ser resolvidos na Justiça

Se algum trabalhador, se sentiu prejudicado ao confiar no patrão para dar entrada em sua aposentadoria, pode e deve recorrer na Justiça do Trabalho, os seus direitos.

O empregador deverá pagar a diferença dos valores de aposentadoria, mais os danos morais, referentes ao dissabor que ele experimentou, de ser prejudicado pelo seu próprio patrão, pelo resto da vida.

Apesar de raros, casos como esses podem acontecer, e é importante ressaltar que o empregado tem como e onde recorrer, a fim de fazer valer os seus direitos de se aposentar.

Um detalhe que é preciso alterar nas grandes e pequenas empresas, é que no momento da solicitação da aposentadoria, afastamento ou pedido de pensão de um funcionário, não há uma pessoa qualificada suficiente, que conheça as regras e normas, dentro da organização.

Se o colaborador ainda não puder se aposentar, o empregador deve ser sincero e transparente o suficiente, para conversar com o funcionário e explicar todas as barreiras que ainda o impedem de solicitar o benefício.

Especialistas como advogados, juristas, e colaboradores do próprio INSS, ressaltam que quanto mais sinceridade houver entre a empresa e o colaborador, mais fácil será a relação diária entre eles, bem como a solicitação e a resolução de problemas para se aposentar.

Alguns, adiam o pedido de aposentadoria, por ser mais vantajoso financeiramente continuar trabalhando, e receber um valor maior do benefício depois. Pois, a garantia de uma estabilidade maior para o cidadão, e para seus familiares é importante para todos.

Mas, se o colaborador desenvolveu qualquer problema de saúde por conta das atividades laborais, pode ser interessante afastá-lo, sem prejudicar a aposentadoria, do que dar entrada definitiva com o pedido.

 

 

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top