Beneficios

Prefeitura de São Luís realizará sorteio de mais de três mil moradias pelo Programa Minha Casa Minha Vida

A Prefeitura de São Luís do Estado do Maranhão, deverá sortear mais de três mil casas, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida aos moradores. A data para a entrega das moradias, ainda não foi definida.

As moradias estão localizadas no Residencial Mato Grosso (três mil unidades habitacionais) e outras quinhentas casas no Residencial São Jerônimo.

Sonho da casa própria

Mais de 2.176 casas localizadas nos bairros Morada do Sol e Maracanã, foram entregues aos moradores pela Prefeitura da cidade, sendo compostas por dois quartos, sala, banheiro, cozinha e lavanderia conjugadas, e área de 42,87 metros quadrados particular.

Os ganhadores das moradias, já estão sendo convocados para comprovarem as informações inseridas no Programa, por ordem alfabética.

Eles precisarão levar os seguintes documentos junto à Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh):

-RG, CPF, Certidão de Nascimento e de Casamento, um comprovante de renda e de residência atualizados (inclusive moradores de áreas de risco), cartão bolsa família (aqueles que recebem o benefício), e laudo médico atualizado (para o caso de deficiência física ou mental).

Recorde de inscrições

O Estado do Maranhão, foi recordista de inscrições para o Programa Minha Casa Minha Vida, com cerca de 30 mil moradias a serem construídas.

O investimento para todo o Estado foi cerca de 1,2 bilhão de reais para novas unidades habitacionais. O Brasil é o único país do mundo, que possui um programa específico, que permite aos moradores terem a sua própria casa.

As obras geram benefícios não só para quem recebe a moradia, mas também gera emprego direto e indireto para mais de 200 mil pessoas, proporcionando uma melhor qualidade de vida para as famílias.

O Programa Minha Casa Minha Vida, por meio da Caixa Econômica Federal e do Governo, oferece subsídios (descontos em dinheiro no valor do imóvel requerido pelo cidadão) para que o trabalhador consiga obter mais rápido a casa própria, e podendo também utilizar o seu FGTS.

Existem quatro faixas em que o cidadão deve se encaixar para comprovar a sua renda:

-Faixa 1: onde o salário deve ser de no máximo 1.800 reais por mês;

-Faixa 2: a renda familiar total deve ser de até 2.600 reais por mês;

-Faixa 3: a renda familiar precisa ser de até 4.000 reais por mês;

-Faixa 4: a renda familiar total é 9.000 reais por mês;

-Os subsídios chegam até no máximo 47.500 reais, a serem abatidos no valor do imóvel.

Um seguro de habitação chamado de Fundo Garantidor de Habitação Popular (FGHab), é incluído nas parcelas do financiamento, para cobrir uma possível inadimplência, perda de emprego do cidadão, ou a perda de 30% de capacidade do pagamento.

Esta medida é realizada, para garantir que o banco e o Governo recebam os valores do financiamento referentes à habitação. Além disso, quem já possui um imóvel próprio, pode escolher reformar o imóvel, ou financiar somente a construção da sua moradia junto à instituição financeira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top