Beneficios

Prazo para o saque do abono salarial termina nesta sexta-feira

Valores de até R$ 998 serão perdidos caso o saque do PIS/Pasep não seja feito até dia 28/06

pagamento abono termina sexta feira

Termina nesta sexta-feira (28/06) o prazo máximo para os trabalhadores efetuarem o saque do abono salarial PIS/Pasep relacionado ao ano-base de 2017. O calendário referência para o pagamento deste benefício é o de 2018/2019.

Quem não for sacar poderá perder valores que variam entre R$ 84 e R$ 998, conforme o número de meses trabalhados com carteira assinada no último ano. Segundo o Ministério da Economia, até agora mais de 2,1 milhões de trabalhadores ainda não efetuaram o saque.

No total em valores, cerca de 6,4 bilhões de reais ainda não foram sacados pelos brasileiros.

Pagamentos

Até o momento cerca de 22,5 milhões de trabalhadores já sacaram os valores no qual possuem o direito. Em reais correspondem à R$ 17 bilhões que foram liberados pela Caixa Econômica Federal para trabalhadores da iniciativa privada (PIS) e pelo Banco do Brasil para trabalhadores da iniciativa pública (PASEP).

Os pagamentos deste abono começaram em julho de 2018 conforme o mês de nascimento para trabalhadores que recebem o PIS e o último número da inscrição do PASEP para os servidores públicos. Mas desde o último mês, os valores estão disponíveis para todos os trabalhadores que se enquadram nas regras propostas pelo governo.

Quem não realizar o saque até o dia 28 de junho, irá ficar sem o benefício, que deverá retornar para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), onde os valores serão usados paga o pagamento de outros benefícios.

Quem tem direito ao abono salarial de 2019?

Para que o trabalhador da iniciativa pública ou privada tenha direito ao abono salarial, é preciso que ele tenha trabalhado ao menos 30 dias em 2017 com carteira assinada. É preciso também que o seu salário mensal tenha sido de no máximo dois salários mínimos.

Outra exigência é estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos. O trabalhador deverá estar também com o seu cadastro atualizado no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), mas esta parte normalmente é atualizada pelo empregador.

Os valores variam entre R$ 84 e R$ 998, conforme a quantidade de meses trabalhados, sendo R$ 84 para 1 mês e R$ 998 para o ano todo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top